A Espada do Dragão

Nerdcore para as massas

Dia D do RPG – Brasil e Brasília

Informações retiradas do release oficial:

DIAS: 17 E 18 DE MAIO

19 Estados Brasileiros sediarão o maior evento de RPG da América Latina.

A segunda edição do DIA D RPG[bb] America Latina integra simultaneamente 30 cidades em 19 estados e milhares de participantes numa super maratona de diversão.

A primeira edição aconteceu em 2007 com a participação de 21 cidades em 11 estados e mais de sete mil jogadores. Esse ano a estimativa é superar os dez mil participantes. A criação e organização do evento é da LUDUS CULTURALIS e o patrocínio nacional da DEVIR LIVRARIA, RPGONLINE, WIZARDS OF THE COAST, WHITE WOLF, YAMATO e DB ARTES.

Nos links abaixo você pode ver o que vai rolar na tua cidade, mesmo que você more na Ciudad de México (MX). As brasileiras são:

Aracaju (SE) , Araraquara (SP), Belém (PA) , Belo Horizonte (MG) , Blumenau (SC) , Boa Vista (RR), Brasília (DF) , Cachoeira do Sul (RS), Crato (CE) , Curitiba (PR) , Feira de Santana (BA) , Fortaleza (CE) , Franca (SP) , Goiânia (GO) , Itapetininga (SP) , Juiz de Fora (MG) , Londrina (PR) , Macapá (AP) , Maceió (AL), Manaus (AM) , Natal (RN), Ribeirão Preto (SP) , Rio de Janeiro (RJ) , S. José do Rio Preto (SP), Salvador (BA) , São Luis (MA) , São Paulo (SP) , Sorocaba (SP) , Teresina (PI) , Vitória (ES)

INSCRIÇÕES: O site do evento recebe pré-inscritos a partir de 20 de abril, no dia as inscrições serão livres mas terá o limite de pessoas cabíveis nos espaços físicos. Assim é bom garantir seu lugar.


PROGAMAÇÃO:
Confira cada detalhe da programação em todas as cidades, notícias e inscrições no site http://www.diadrpg.com.br/.

Diversas atividades locais estão programadas como torneios e campeonatos, Anime, mesas de RPG, demonstrações de jogos e os tradicionais desfiles de fantasias. Também será disponibilizada uma programação pela internet com jogos on-line e palestras por vídeo-conferência. Entre as inúmeras atrações teremos:

Lançamento: Os Ritos do Dragão, mais uma novidade exclusiva para todos os participantes do Dia D é o lançamento do livro, desempenha um papel semelhante ao do Livro de Nod, só que no Mundo das Trevas antigo. Formato: 15×23 cm, 120 páginas, R$ 34,80

Vídeo-conferência com o convidado internacional Eddy Webb um dos autores da linha Mundo das Trevas, da White Wolf

Preview da 4ª edição do Mais famoso dos RPGs: Dungeons & Dragons: excelente oportunidade para conhecer e divulgar o que é o D&D 4.0 com a aventura Scape from Sembia, disponibilizada para todas as 30 cidades pela Wizards of the Coast. Inédito no Brasil.

Vídeo-conferência : Palestra “O mercado editorial de RPG” com Maria do Carmo Zanini, editora de WoD no Brasil e Douglas Ricardo Guimarães (o D3), editor de D&D no Brasil,

Vídeo-conferência : Palestra “RPG e Educação” em dois temas importantes: a influência do RPG no hábito de leitura e escrita de seus praticantes; e diversas ações que integram o RPG enquanto ferramenta para didática em escolas, empresas e organizações sem fins lucrativos. A mediação é deCaco Lourenço, um dos fundadores da Ludus Culturalis, idealizador e co-realizador do Simpósio RPG e Educação e um dos autores da aventura solo “A travessia do Liso do Suçuarão”, publicada e distribuída pelo MEC. A convidada especial é a Professora Mestra Jane Maria Braga com mestrado na UFMG sobre RPG em pedagogia.

Desafio D&D Brasil – com a duração de 2h30 min, participam simultaneamente 30 grupos, um para cada uma das 30 cidades. O cenário do jogo é o recém lançado D&D SYSTEM – FAROESTE ARCANO, pela Devir. O grupo vencedor será declarado o mais hábil e ágil por resolver todos os enigmas do desafio e ganhará o troféu Campeão Brasileiro do Desafio D&D.

Para o povo de Brasília:

A programação de Brasília, além das atividades acima, incluí ainda uma Feira de Trocas, para se livrar de material que já não usa e adquirir outros, Batalha Campal com réplicas, HeroClix, com palestra, palestras exclusivas, como a “Ignorando o livro de Regras”, com o amigo Valberto Filho , jogo de tabuleiro do StarCraft, Arena Jedi, e também uma pagação de mico nerd simulação de combate com sabres de luz , Quizz Nerd, jogos de tabuleiro variados, e muitas aventuras para jogar, em diversos sistemas, entre os quais D&D 3.5, D&D 4, Gurps, Terra de OG, D20 Moderno, Call of Cthulhu, Lobisomem, Vampiro e Star Wars… A programação completa de Brasília você lê aqui.

A nossa “equipe” estará por lá, pelo menos em um dos dias, fazendo a cobertura e tirando fotos, e em breve publicara um review aqui.

Anúncios

maio 15, 2008 Posted by | Espada News!, Matérias, Nerdcore, PreView, RPG | , , | Deixe um comentário

DOFUS oficialmente no Brasil

Bem, um folder vale mais que mil palavras. Dofus esta chegando ao Brasil pelas mãos da LevelUp. Para quem não conhece esse RPG[bb] estrategico em Flash[bb], eu recomendo que experimente. Raças criativas, cada um com uma especialidade e visuais diferentes, divergindo um bocado do que é visto por aí nos jogos táticos. A arte é fantástica, e espero fortemente que eles tragam os artbooks pra cá.
Agora só falta Wakfu !

BlogBlogs.Com.Br

março 7, 2008 Posted by | AnimaMundo, Espada News!, Nerdcore, PreView, RPG, Videogame | , , | Deixe um comentário

Pier Solar – Mais um lançamento para… Mega Drive?

Pier Solar Logo

Novo RPG para… Mega Drive!

Pier Solar é o nome do novo RPG que esta sendo desenvolvido por um grupo de fãs para Mega Drive e Sega CD. Ao contrario dos tradicionais homebrews (softwares feitos por entusiastas) que são chegam às mãos dos jogadores via emulação, Píer Solar será lançado em meio físico, ou seja, você poderá comprar os cartuchos ou CDs completos, com caixa e manual, que são produzidos de forma artesanal usando cartuchos antigos como base. O fato surpreende por se tratar de um videogame como o Mega Drive, porém não é novidade. O Dreamcast teve pelo menos um lançamento feito por empresas menores desde que foi oficialmente descontinuado pela SEGA, e a comunidade de desenvolvedores de homebrews é muito ativa, anunciando lançamentos freqüentes, inclusive para Atari 2600. Até mesmo o lançamento físico de um RPG para o Mega Drive já havia ocorrido em 2006, quando o Super Fighter Team lançou o jogo Beggar Prince, pela bagatela de 40 dólares.

EDIT:

Informações novíssimas! A Espada do Dragão vai tentar entrevistar o Túlio Adriano, que deixou esse comentário pra gente:

“Ae galera, eu sou o responsavel pelo desenvolvimento do jogo, envolvido no projeto desde 2004 quando foi iniciado. Queria só corrigir uma informação: “que são produzidos de forma artesanal usando cartuchos antigos como base” Na realidade os cartuchos são 100% produzido em fábrica e contam com hardware mais moderno que os cartuchos da época do Mega Drive. E só pra complementar o jogo é uma estória original, ao contrario do Beggar Price que foi a tradução de um jogo chinês. Abraços.”

 

Links:

Píer Solar: http://piersolar.com/

Beggar Prince: http://www.beggarprince.com/

janeiro 20, 2008 Posted by | Espada News!, Geek, Nerdcore, PreView, RPG, Videogame | , , | 2 Comentários

Como baixar jogos ?

Como baixar jogos ou

baixar bons jogos download tomb rider god of war need for speed winning eleven ou

Saindo da ilegalidade.

Com a proximidade de uma melhora no meu poder aquisitivo, me sinto cada vez mais tentado a largar o emule e os torrents em detrimento a uma vida gamer saudavel e politicamente correta. ou seja, comprar originais e deixar de ser um pirateiro safado.

Muito se discute sobre pirataria no Brasil. Foi matéria da EGM esse mês. Não adianta o que você vier me falar. Faz mal ao mercado e ao hobby e ponto final. Indiscutível.

Nesse post não venho te puxar a orelha ou bancar de certinho, que não o sou: uso FlashCards, Modchips, Cracks e toda a sorte de recursos ilegais. Um dia pretendo não faze-lo mais. Um dia. Ao contrário, venho te dar cinco alternativas de diversão barata ou gratuita. Aceite de coração.

Não é o The Rock

1. Abandonware

Jogos velhos que tiveram suas licenças de uso liberadas. Ótima opção pra saudosistas. Muitos clássicos, como Doom, Abuse, cobra Mission, Alone in the Dark , Tetris, Dark Sun, MechWarrior , Sensible Soccer, Risk, Maniac Mansion , só pra citar um de cada estilo. Links:

Abandon Games

Abandonia

TrackMania United

2. Revistas de games

Garimpando, você acha ótimos jogos nessas revistas de games que estão nas bancas: são originais, são oficiais, garantem seu suporte a multiplayer online e tudo o mais. e são baratinhos. esse mês eu comprei a Ful lGames com o NeverWinter Nights e suas duas expansõoes ( NeverWinter Nights:Shadows of Undrentide ,NeverWinter Nights:Hordes of the Underdark ) e o divertidissímo jogo de corrida arcade Trackmania Uniteds, ambos por 17 reais. Lembrando que games como Fallout, Diablo, Tomb Rider e outros já foram lançados nesse esquema. Todos bem acessíveis.


3. Game Giveaway of the Day

Uma opção pouco conhecida. Uma face do Giveaway of the Day , site que oferece um software licenciado gratuito por dia, o Game Giveaway of the Day oferece um jogo gratuito (JOGOS GRÁTIS !) e licenciado por dia. Nem sempre encontaremos clássicos e blockbusters, mas as vezes temos belas surpresas. E conta com uma comunidade bem forte. Quanto mais downloads de JOGOS GRÁTIS forem feitos nesse site, mais ele chamará atenção e novas empresas disponibilizarão mais DOWNLOADS DE JOGOS GRÁTIS. por que eu estou repetindo tanto JOGOS GRÁTIS? Porque quanto mais pessoas usarem o google atrás de JOGOS GRÁTIS e chegarem aqui e conhecerem esse site que libera JOGOS GRÁTIS, mais e melhores JOGOS GRÁTIS teremos no futuro.JOGOS GRÁTIS.

Baixa a�

4. Baixaki, Superdownloads e etc

Sim, esses sites liberam alguns bons jogos freeware ou shareware para download. Quer um bom RPG? Tente o divertido Dink Smallwood. FPS? Americas Army: Special Forces. Beat’n Up? Knight of Knights. Sério, esses sites não aparentam, mas valem várias garimpadas.

EBAY BLADE!

5. Leilões On-Line

EBay se você possuir acesso a um Cartão de Crédito Internacional. Mercado Livre se não. Tome cuidados básicos: verifique as qualificações positivas dos vendedores, leia as negativas e de preferencia a lojas on-line. Use, sempre que possível, Mercado Pago, PayPal e SEDEx a cobrar. Pronto. Já comprei jogos a partir de 30 reais, meu Nintendo DS por 400 com pelicula Hori aplicada e jogos de Playstation One por 10 reais ( e era uma edição especial de TOBAL N° 1). E é divertido garimpar e tentar ganhar os leilões (se divertindo com compras? Consumista! Mas a sensação de vitória em um leilão pechincha é tãooooo boa!)

Bem, aí estão algumas dicas. Tem mais alguma? Coloque nos comentários e eu atualizo o post. Abraços e boa semana!

EDIT #01

6. Jogos Multimasivos (MMO’S)!

O amigo Jigu me passou esse link, com os melhores 100 jogos multimassivos gratuitos da net! Enjoy!

Powered by Google: cheats do god of war 2

junho 17, 2007 Posted by | Computadores, Geek, Internet, Nerdcore, RPG, Videogame | 21 Comentários

Retorno da morte, Vampiras, Inferno e o Zorro!

Os mais atentos entre os meus fiéis leitores puderam notar que eu fiquei vários dias sem postar. Os menos atentos puderam notar milhões de outras coisas mais interessantes.
Aconteceu que novamente minha saúde me levou a tirar um período de descanso e recuperação num quarto de hospital, tomando um sorinho básico, acompanhado de antibióticos e a mais deliciosa comida de hospital.
Já que fui obrigado a esse período de meditação, vou postar por aqui sobre dois dos piores jogos que podem existir, e que, movido pela minha paixão mórbida por jogos ruins, eu dissequei, gastando um dia inteiro em cada:

Vampire Bloodline:

Vampira não faz mira.

Quem inventou os jogos em JAVA para celular deveria ter em mente que um gráfico de nes não garante uma diversão ou jogabilidade de nes. Tenho esse game no meu celular a anos, sempre começando e indo um pouco mais longe em filas e outras situações de espera. Como o game não tem save, eu sempre começava de novo. Dessa vez eu resolvi que iria termina-lo. Péssima decisão.

Ao longo de 15 (pensei que eram 5!) fases que devem ser repetidas a exaustão, pois os controles falhos comuns a maioria (não todos) dos jogos JAVA para celular não o permitem terminar as fases. Se esse jogo fosse no nintendinho, certamente seria terminado em quinze minutos.
Você é Eva, suposta filha de Conde Dracula que tem que juntar os ossos do seu pai e traze-lo de volta a vida, na mais emocionante cena final de meio segundo ja vista no mundo dos celulares.
Com poderes inúteis você enfrentará todos os três tipos de inimigos, e a cada três fases encontrará a loira filha do caçador de vampiros (criativo!) que você matará por cinco vezes até o final do jogo, sempre com diálogos inspirados.
Por que então eu gastei horas com esse jogo? Como diria o escorpião: “Não sei, mas é da minha natureza”. Mas tenho uma dica: na primeira tela do jogo, existe uma bela ilustração de Eva com um vislumbre de sua bundinha vampiríca. Essa tela ficou marcada em minha mente, que talvez fez alguma relação com aqueles horriveis joguinhos hentai, que apesar de ruins, são hentai, e em algum momento vão te recompensar com uma ninfeta virtual fazendo coisas feias (ou bonitas). Hentai RLZ.

Ah! E não tem a ver com o RPG de PC…

Requiem of Hell:

Requiem do Inferno!

Não se iludam! No começo, esse jogo vai te lembrar Diablo, e você vai chegar a achar que ele é bom. Mas no final… no final eu não sei, pois acho que isso não existe.
Imagine um Diablo genérico, como muitos que ja apareceram.Agora ponha 5 mapas com trezenas de inimigos repetitivos e ininterruptos. Agora um personagem que não evolui muito, e mesmo que evolua isso não faz diferença. Acrescente uma historia rasa onde um demônio malvado quer dominar o mundo. Junte tudo a uma serie de quests sem nexo que tem que ser advinhadas, e deixe tudo ferver no calor do seu ódio. Está pronto Requiem of Hell.
Joguei esse game por várias horas seguidas. Não entendi o que era pra se fazer. Se um personagem diz: vá ao lugar X, encontre o personagem Y e lhe entregue o item Z, pode crer que ou X, ou Y ou Z não existem, ou estão randomicamente espalhados pelo mapa.
tem um ponto positivo? Tem. O design dos poucos inimigos demoníacos é interessante. Mas deve ser melhor nas artworks, pois a imagem é muito pequena.

NOVELAS

Mudando um pouco de assunto, a novela dos mutantes que vivem em um mundo que não os compreende , Caminhos do Coração, ainda não começou, mas em compensação a novela do ZORRO já estrou na Rede Record. No fundo é somente mais uma novela mexicana, mas no raso esse começo até que lembra o que podiamos esperar de um Zorro: enquanto Diego ele é playboy e irresponsavel ( não é pra menos que Bruce Wayne se inspirou em Zorro pra criar o Batman ), e enquanto Zorro ele é destemido e galante. Nas suas duas personas (assim como Batman) ele luta contra a corrupção e a injustiça. Acrescente alguns toques místicos típicos de novelas mexicanas, como visões e ciganas, e voilá: novela do Zorro.
Se mantiver um mínimo de ação por episódio e não descambar para o melodrama puro, é até mais assistível que as atuais globais.

Powered by Google : Baixe Jogos do N-Gage. 

maio 29, 2007 Posted by | Multi-Mídias, Reviews, RPG, Videogame | 4 Comentários

É um pássaro? É uma galinha gigante? Não, é o Chocobo!

 

Todo bom conhecedor de videogame, ainda mais se gostar de RPG, já ouviu falar da Squaresoft e de sua série mais famosa, Final Fantasy. E é difícil falar de Final Fantasy sem lembrar de uma de suas figuras mais emblemáticas. Não estou falando aqui da enigmática Terra, do maligno Sephirot nem do andrógino Vaan, mas sim de um simpático galináceo que passou de figurante a coadjuvante, e não tardou a se consagrar, com todo mérito, como protagonista; nosso emplumado amigo Chocobo.

Mas hein?

Essa avezinha amarela teve a sua estréia no mundo dos games em Final Fantasy II, lançado em 1998. Caso você ainda não tenha percebido, cavalos e similares geralmente são inimigos ou invocações nas historias da série. Se você precisa de montaria nesses jogos, sua escolha é um chocobo, e foi assim que ele estreou na série: ao entrar em florestas especiais, você conseguia a penosa montaria, que permitia ao grupo evitar batalhas e se locomover mais rápido, continuando assim na terceira versão do game.

No quarto jogo os chocobos foram melhor desenvolvidos e expandiram seus papeis, onde variavam de cores e habilidades: o branco, assim como um save point, restaura seu HP e MP, o roxo permite que você passe por terrenos difíceis e o chocobo gordo permite que você guarde seus itens para reaver depois, tal qual um baú. Tudo isso será revisto nas aparições futuras do pássaro.

No quinto jogo temos Boco, o primeiro chocobo com nome e participação na historia, ainda que esta participação tenha sido pequena, foi um grande passo para a bicuda classe… No sexto episódio da série vemos o primeiro uso de chocobos como montaria militar , guardando o castelo do deserto. As aves seriam novamente usados assim em Final Fantasy Tatics, X, XI e XII.

 

Amarelo como um abacate...

O sétimo capitulo, além de representar uma nova fase para a saga Final Fantasy em geral, teve o mesmo efeito em cima das galinhas gigantes: um novo e complexo sistema de captura, criação e corrida tornava os chocobos uma parte importante do jogo: era impossível terminar com todas as invocações se você não fosse um exímio criador de chocobos; melhor ainda, o próprio chocobo era uma invocação, acompanhando pelo não tão famoso hoje em dia mogle. O sistema agradou tanto que foi lançado até como jogo separado. A partir daí, começou a revoada dos chocobos:

No mesmo ano é lançado o primeiro jogo solo do personagem: Chocobo Fushigi no Dungeon, ou Chocobos Dungeon, como chegou depois no ocidente. Nesse jogo, com visual cartunesco, foram apresentados personagens que acompanhariam Pure (o nome oriental do chocobo protagonista) em suas futuras empreitadas: A White Mage, o Black Mage, o chocobo gordo e inúmeras versões bonitinhas dos inimigos, invocações e personagens da série Final Fantasy, espalhados por dungeons aleatórias que tornavam a longevidade do título muito maior.

Mas ele não parou por aí: Um jogo de tabuleiro estilo Banco Imobiliário (Chocobo Land, a Game of Dice) foi lançado para GBA, um jogo de simulação, Hataraku Chocobo, saiu para Wonderswan, onde o bichinho trabalhava em empregos variados , Chocobo Stallion expandia o game de criar chocobos visto em Final Fantasy VII, Chocobos Dungeon ganhou uma continuação e, claro, Chocobo Racing, game de corrida que também chegou atropelando, pois quem não caiu na bobagem de achar que se tratava apenas de mais um clone de Mario Kart descobriu um game divertido, difícil e repleto de referencias que valiam as várias horas gastas na pista do Bahamut.

Imponente, para uma galinha...

Felizmente a fama não subiu a penugem de nosso amiguinho emplumado, pois ele continuava roubando a cena nas séries oficiais: apareceu pela primeira vez com um embasbacante visual realista na abertura de Final Fantasy Tatics, onde aprendeu várias magias e se mostrou um adversário a altura dos mais valorosos guerreiros. Esse visual foi mantido da oitava até a décima segunda saga da franquia. Aliás, em Final Fantasy VIII chocobo ganhou mais um joguinho próprio, no subaproveitado Pocketstation, espécie de VMU do Playstation, você podia levar o chocobo pra qualquer canto jogando Chocobo World, um simpático jogo de exploração que lhe garantiria itens, dinheiro e até uma invocação nova no game principal.

Mas eis que Chocobo, achando que a sua presença emplumada não era suficiente na serie Final Fantasy e em seus próprios jogos, resolveu meter o bico em dezenas de outros títulos: é possível lutar com ele em suas versões normal ou negra em Tobal Nº2, escolhe-lo como ajudante em Legend of Mana, vê-lo puxar carroças em Seiken Densetsu ou numa placa de museu em Parasite Eve, disputar uma partida de basquete com ele em Mario Hoops 3×3, usa-lo como peça em Itadaki Street Portable, além das participações menores nos demais spin-offs de Final Fantasy ou outras não lembradas aqui…

Unlimited

É bom lembrar também de suas incursões no mundo das animações: apesar de ter sido esquecido nos filmes Final Fantasy: The Spirit Within e Final Fantasy: Advent Children (apesar de que alguns dizem que um grupo das aves pode ser visto nos créditos finais deste último), o bichinho marcou sua presença na animação Final Fantasy Unlimited e também apareceu totalmente irreconhecível, na primeira animação baseada na série, Final Fantasy Legend of Crystais. Animação essa de qualidade bem duvidosa, diga-se de passagem…

Chocobo Tales

E eu não poderia finalizar essa breve cronologia sem citar o mais recente, e talvez maior sucesso do nosso herói de penas: Chocobo Tales, para o Nintendo DS. A Square fez ali o melhor uso do personagem até agora, trazendo um jogo colorido e atraente, com visual de livro infantil e com idéias simples, mas magistralmente bem executadas. Soma-se a isso um esquema de batalhas com cartas de mecânica simplificada, porém profunda, que poderia facilmente ser trazido ao mercado dos card games tradicionais sem fazer feio, e que além de trazer a versão bonitinha dos personagens de Final Fantasy estampada em suas cartas ainda pode ser disputado com desafiantes de todo o mundo via Nintendo WiFi. E por falar em Nintendo, a mesma já anunciou que a série Chocobos Dungeon ganhara uma continuação no Wii, para a alegria dos fans do frangão.

Com quase dez anos, nosso amiguinho emplumado continua esbanjando simpatia e bom humor por toda a série Final Fantasy, quebrando a tensão dramática quando necessário e ainda arrumando tempo para alçar os seus próprios vôos, seja em títulos alheios, seja nos seus próprios jogos. Se você é do tipo que aceita conselhos, e se não tem preconceitos contra jogos que não espirram sangue e que não tem nenhuma intenção além de divertir, meta o bico no mundo de Chocobo. Você vai ver que vale as penas!

Powered by Google : Final Fantasy Sephirot

maio 11, 2007 Posted by | AnimaMundo, Filmes, Matérias, Nerdcore, RPG, Videogame | 9 Comentários

World of Warcraft + Pornô = Whorecraft: Espadas, Magia e Sexo!

whorecraft1.jpg

Como eu prometi no post abaixo, aqui vai uma resenha dos cinco primeiros capitulos da primeira temporada de Whorecraft.

Pra quem não conhece, se trata de uma série de filmes pornográficos eróticos cafajestes safadinhos e depravados, levemente (totalmente) baseados em um dos maiores sucessos dos MMORPG’S , o clássico World of Warcraft, da Blizzard. Warcraft da dinheiro. Pornografia da dinheiro. Nada mais inteligente do que juntar os dois. O produtor foi oportunista, porem muito esperto, e deve estar ganhando rios de dinheiro. Mas também é um dos maiores fenomenos de pirateação dos últimos tempos, fazendo A Mula e o Tio Torresmo trabalharem como nunca.

A produção é modesta, mas as atrizes ate que são “esforçadas”, deixando a obra com uma cara trash/cult muito legal. A ideia feitishista de transformar a fantasia de todo nerd que se prese em realidade ate que esta sendo muito bem sucedida… Tomara que novos produtos saiam no mesmo formato, com Tomb Invader, Super Maria Sister, Fantasia Final, entre outros… (apesar de que alguns já existem, sem tanta qualidade ou sucesso, como é o caso de Super Hornio Bros!)

MAs vamos ao que interessa, a resenha dos primeiros episodios:
Episodio um

“Rogues do it from behind”
(Rogues fazem por trás)

Esse titulo é auto explicativo. Introduz(!) à personagem Rogue, que arma uma “tocaia” para um incauto viajante, que é “dominado” pela gatuna…
Episodio dois

“Pirate’s Booty”

Um dia bom para recolher ervas ,quando a linda elfa Tiana testemunha um ataque brutal de um Orc a um guerreiro… Ela rasga seu vestido (wow!) e vai tentar conseguir outro com um negociantre pirata, mas esta sem dinheiro… mas isso não importa, pois ela tem outra “proposta” a fazer, que o pirata “aceita” prontamente!

Episodio três

“Awakening”
(Despertar)

A aventura continua com a Maga Elfica Tiana e a sua meia-irmã, Remus. Remus é mandada em uma busca para despertar uma demonia (e que demonia!)da noite.Pra isso, deve recolher vários ingredientes a fim terminar o ritual.Um deles, seria uma certa “essencia” de uma Troll femea (depois dessa eu não duvido que as Tauren apareçam na segunda temporada!) Entretanto, nada é simples e Remus pede a ajuda de Tiana para obter esse ingrediente.No fim, a demonia, Remus é um Undead entram em um “conflito” hardcore!

ep4-b.jpg

Episodio quatro
“Man hunt”

(Caça de homens)

O mestre da guilda,Titus, é capturado e torturado por um grupo de bandidos. Preso em um acampamento guardado na floresta, nossas heroinas devem salva-lo antes que esteja demasiado atrasado.Duas hunters “se ajudam” e uma delas “caça o homem”, como o titulo sugere.E ela tem um baita par de “pulmões”, se é que você me entende.

Episodio cinco.

“Calm before the Storm”
(Calmaria antes da tempestade.)

Nossos herois se “preparam para a batalha” na segurança do lar.A rainha ensina novas “tecnicas” a uma rogue. De qualquer modo nem tudo é o que aparenta, e um visitante chega ferido, precisando de “tratamento” especial.A elfa e a rogue “cuidam” dele, mas a elfa resolve que o anão também precisa de “atenção”. Tudo é calmo antes da tempestade.

ep52.jpg

 

 

Você gostou das imagens que ilustram esse review? Então baixe os papeis de parede no site oficial. E aguarde para breve, o review do episodio seis! See you later, in the Word of Whorecraft!

fevereiro 27, 2007 Posted by | + 18, Filmes, Reviews, RPG, Videogame | 17 Comentários

World of Whorecraft – Preview antes do Review.

Pra quem não sabe, eu vou fazer um review sobre os episodios da primeira temporada do WHORECRAFT.

Whorecraft é a versão pornô do MMORPG World of Warcraft, o bambambam dos RPG’S massivos, que a produtora “Top of Aliment Chain” espertamente transformou em um dos produtos mais vendaveis da atualidade.

Por enquanto fiquem com a tirinha que a galera do Penny Arcade lançou, toscamente traduzida por mim. ( CLIQUE PARA AUMENTAR)

penny.gif

Se souberes inglês , leia a deles.


fevereiro 25, 2007 Posted by | + 18, Bem Humor, RPG | Deixe um comentário

RPG – O Dia D

“Olá a todos os internautas, bem vindos ao maior evento Brasileiro de RPG, depois de 10 anos apoiando e entrando em contato com dezenas de organizadores por todo o Brasil chegamos ao Dia D RPG, um evento em 21 cidades. Mas o Dia D é um marco da união de esforços de muitas cidades e jogadores de RPG.”

O recado do Valberto continua no Lote do Betão. Acho que é uma oportunidade rara que o pessoal do DF e do entorno tem pra conhecer uma galera que também curte RPG, ou para efetivamente conhecer o RPG. Vale a pena dar uma passada lá no multiply do cara pra ler os detalhes. Polegares estendidos.

AQUI você pode baixar o poster e divulgar o evento na sua quitanda de caquis!

Em Brasília o evento será realizado no CENTRO CULTURAL RENATO RUSSO, NA 508 SUL

fevereiro 23, 2007 Posted by | RPG | Deixe um comentário