A Espada do Dragão

Nerdcore para as massas

Weezer – Pork and Beans

Pork and Beans do Weezer[bb] – É o vídeo mais Geek que você já viu. E como um Geek é tão somente um Nerd com Microchips, ele tem espaço garantido nesse blog. O mais legal é que o Wezzer não apenas usou o que já existia do Numa-Numa, Chocolate Rain, Leave Britney Alone, Cão da Pradaria Dramatico, Black Ninja e outros, mas chamou os caras para gravar novos takes e participarem do clip. Bom saber que o Numa Numa Boy emagreceu (um pouco).

O que nos leva a esse episódio Geek de South Park (que alias, é Nerd de tudo: World of Warcraft, Senhor dos Anéis e Wii, entre tantos, já passaram pelo desenho. Destaque pro poder mental no final, cuidado!

O que nos leva a The Ultimate Showdown of Ultimate Destiny, eu não sei por que!

Anúncios

maio 25, 2008 Posted by | AnimaMundo, Bem Humor, Geek, Internet, Música, Multi-Mídias, Nerdcore, Vídeos | , , , , | Deixe um comentário

Vídeo Games Live 2007 Brasília – DF

Segue um pequeno review sobre o mega maravilhoso hyper duper fodônico evento Vídeo Games Live Brasil. Como eu não me lembrava direito da ordem dos acontecimentos, me bassei em um outro review (link abaixo) e mesmo assim algumas coisas podem estar fora de ordem. Mas da pra ter uma idéia. As fotos aqui são minhas, do amigo LgjOni ou de algum dos links abaixo. Recomendo as ótimas fotos do CerradoMix.

 

 

O LOCAL:

local.jpg_dsc0240.jpg

O Centro de Convenções Ulysses Guimarães se mostrou a altura de um evento do porte da VGL. O fato da Feira da Lua e de outro evento estarem acontecendo ao mesmo tempo que a VGL não foi motivo pra preocupação. Um não se misturou nem atrapalhou o outro. O saguão onde estava a lojinha improvisada (comprei camiseta antes de qualquer coisa esse ano, pra não me arrepender ) e as maquinas de Guitar Hero e os simuladores de corrida da Petrobrás (ah, as petrogirls…). Banheiros acessíveis, bebedouros, o palco de acesso fácil… muito boa escolha.

 

 

COSPLAYERS

foto13.jpg

O pré-show consistiu no poeminha do “All Your Base Are Belong To Us” e o videozinho de fuga da Ms. Pac Man e no mini concurso de cosplay, com uma organização confusa e um apresentador mais confuso ainda, sendo pouco justo com quem ele tirava do palco. Fui (novamente, diga-se de passagem) apresentado as cosplayers de FFX(Rikku e Yuna), já conhecidas de eventos de anime no DF, mas além delas tínhamos no palco dois Marios, uma Peach, Ada Wong,o Jin do Tekken e a outra personagem de Tekken que eu não lembro o nome, mas que ostentava sua (bela) coxa tatuada.E, é claro, o Agente Ouedan, no caso, eu. Após um processo duvidoso de eliminação ficamos no palco eu e um dos Marios. Lutei com todas as forças de agente pra ficar em primeiro, não pelo prêmio, mas para vencer aquele engodo italiano. Infelizmente, a força da marca é maior, e o simbolo-mor da Nintendo foi levemente mais aclamado pelo público, onde, afinal, nem todos conheciam Ouendan. Mas foi ótimo o pessoal me apoiando, tirando fotos e dizendo que torceram por mim, alguns mesmo sem conhecer Ouedan, e tantos outros gritando Ouedan quando eu passava! Me senti um vencedor moral. Ainda tivemos os cosplays que não subiram ao palco: vários membros da Organização XIII, o Sora, do qual falaremos mais tarde,e até o Spectroman estava ali, perdido no evento.

cosp1.jpgcosp3.jpgcosp2.jpg

 

 

ATO 1

Som de Codec. A voz conhecida de Solid Snake chama Tommy Tallarico ao palco, pra dar inicio a edição 2007 da Vídeo Games Live. Como no ano passado, o medley de jogos clássicos inicia o show. A orquestra Villa Lobos se mostra competente.
Hideo Kojima aparece (no telão) para anunciar Metal Gear. Nesse ano foram incluídas cenas do Metal Gear Solid 4. A piadinha da caixa foi repetida, mas derepente Tallarico aparece no palco. Mas, se não é ele embaixo da caixa, como no ano passado, quem seria? Sim, era Martin Leung, em sua primeira aparição, com uma camisa comprada na torre de TV e cheio de penduricalhos, pra tocar as músicas do Chrono Cross. Pedido dos brasileiros e inédita em VGL’S.

Seguiu o ótimo medley de Sonic (incrível como Sonic Adventures e knucles empolgam a galera!). E o primeiro Final Fantasy da noite, “Liberi Fatali”, do oitavo game.

Prmeira diferença notada… sai God of War, entra Tron. Ótima entrada, mas péssima saída. God of War era obrigatório. Mas tudo bem. Civilization volta com sua Música etnica-clássica, e o solista se mostra competente demais. Segunda diferença notada: Sai Castlevania ( Pusque? Pusquuuuuuue? ) e entra Medal of Honor. Achei uma escolha infeliz. A música e os vídeos da guerra destoaram do clima festivo do evento. Wicked Child , drácula e um punhado de Belmonts cairiam melhor aqui.

_dsc0037.jpg

Na primeira promoção, um saltitante cosplay de Sora se saiu muito melhor que o marmanjo que jogou Space Invader no ano passado (e teve uma performance melhorque o concorrente da segunda promoção da noite, em breve ). Não conseguiu matar todas as naves, mas ganhou um prêmio de consolação.

_dsc0119.jpg

A primeira surpresa da noite foi o convite para uma banda nacional, a 8bits Instrumental, subir ao palco para tocarem os temas de “Metroid” e “Street Fighter”. E os caras não perderam a oportunidade e mandaram muitíssimo bem, principalmente no peso extra que colocavam nas músicas. Palmas merecidas para os caras. Pra fechar o primeiro ato com chave de ouro, o esperadíssimo e infalível medley de Zelda. Now Loading.

 

 

ATO 2

Beyond Good & Evil, que música legal. Fora o que a crítica baba pra esse jogo, tenho que jogar um dia. e Myst (que versão é essa? Gráficos soberbos!) e Martin Leung, agora vestido com um abadá, que fez com que sua alcunha mudasse de Pianista dos Videogames para Macumbeiro dos Videogames! Ele tocou em seguida 10 músicas de Final Fantasy, de versões variadas. Espetacular. Uma música inédita do inédito Starcraft 2 veio antes de Kingdom Hearts, com cenas Diney ao fundo, como em 2006. Podiam ter chamado o “Sorinha” ao palco.

_dsc0271.jpg

Neste ato tivemos promoção da Petrobrás, onde alguem do público seria escolhido pra dar uma volta no simulador, no circuito de São Paulo, em um minuto e meio. Após uma batida desastrada na reta e uma ida a caixa de grama, tivemos que presenciar quase um minuto de um F1 bebado rodando no gramado. Perdeu a chance de levar pra casa o simulador, que era uma réplica du um F1 em tamanho natural equipado com o jogo. Não foi atoa que saiu com o coral de “Rubinho” atrás dele.

World of Warcraft, que não chega nunca ao país vem impressionar com sua magnífica música acompanhada das belas animações da abertura, realmente uma das mais emplogantes.
O esperado medley de Super Mario anima a galera, sendo seguido da “serenata” que Lucas, um fã brasileiro, fez para o Martin, tocando também as músicas do Mario. E o cara mandou bem, ao contrário do que eu havia lido por aí. Claro que o Martin também tocou Mario no Show, acelerado, vendado e com direito ao sonzinho de finalização do Windows.

 

 

PIADINHAS

Aliás, um dos pontos fortes da VGL DF 2007 foi o humor. Fora as várias vezes que Tommy Tallarico dançou (a pedido de alguem, segundo ele) a “Dança do Siri” , inclusive convencendo o maestro Jack Wall a dançar com ele, e dançando no meio da “One Winged Angel” , pudemos ver o sorridente senhor simpatia Martin começar uma música de Tetris e embutir ali o Hino Nacional e a Garota de Ipanema. Só não lembro direito em que momento do show tudo aconteceu. Fora os três modelitos que ele usou, incluíndo aí o “macumbeiro” e uma camiseta da Mangueira.

 

 

GRAN FINALE

Após Halo, tendo inclusive a participação de Tommy com uma estilosa guitarra eletrica em uma música de Halo 3, Tallarico pediu que balancem os celulares , DS e PSP’S quem quisesse mais uma música. Claro que era “One Winged Angel”, a música que representa os jogos de videogame, quer você goste disso ou não. A boa surpresa foi que a versão escolhida foi a do filme Advent Chidren, pois Tallarico empunhou sua guitarra e finalizou o espetaculo com pompa. Eu que esperava ouvir a versão jogo, descobri que Tallarico toca muito bem, tem presença de palco e espírito e que as imagens da Square nem fazem tanta falta quando se sabe se conduzir um show.

Na saída infelizmente não consegui encontrar os amigos com os quais tinha marcado ou encontrado lá, pois eram quase onze da noite e a maioria teve que correr. Amigos, apesar de termos conversado pouco (ou nada), foi muito bom estar lá com vocês.

O Final da VGL foi ainda mais reconfortante pois ouvimos Tommy Tallarico bradar: “Até 2008, Brasil!”

_dsc0102.jpg

 

 

LINKS:

CerradoMix (fotos)

Review+Fotos (Slikes)

Mais Fotos (Douglas)

Vídeos (ParanoidSurvivor)

8 Bits Instrumental

VGL

VGL Brasil

fb1.jpgfb2.jpgboa1.jpg

outubro 2, 2007 Posted by | Bem Humor, Geek, Imagens, Matérias, Música, Nerdcore, Reviews, Vídeos, Videogame | 8 Comentários

NESCAU! ( homenagem ao Djinghis Khan e ao Moscau )

Lembra do tópico dos Mamonas Assassinas e as Músicas Engraçadinhas?  Pois então, eu havia citado o Djinghis Khan nela. Com sua música ” Moskau ” eles ficaram “na crista da onda” na década de 70… pelo menos em Moscou, eu acredito.

Em homenagem a eles, eu fiz esse videozinho:

Me disseram que o grupo brasileiro que gravou “Comer Comer” tinha o nome de Gengis Kan e era diretamente ligado a esse… não achei nada na Net… caso alguem saiba mais informações, poste nos comentários.

MOSKAU!

powered by Google: música download grátis mp3 free rock samba pagode  

agosto 19, 2007 Posted by | Bem Humor, Internet, Música, Vídeos | 4 Comentários

Sem Mamonas Assassinas, o que fazer?

Os Mamonas Assassinas já morreram a quase mais de dez anos, mas suas músicas continuam divertidas e atuais. No entanto, nenhuma banda conseguiu alcançar o sucesso que eles alcançaram no gênero “música-engraçadinha”. Aqui tem algumas bandas/músicas/cantores que tentam ou são engraçados, e que podem (ou não) vir a tapar o buraco deixado pelos Mamonas Assassinas. Vou passar a principio um link de cada, e quem gostar vai atrás de mais ou da uma sugestão nos comentários. Resolvi não postar os vídeos direto pra não ficar um post enorme.

REGIONAIS:

KAQUINHO BIGDOG – Canta em sua maioria parodias de músicas sertanejas, mas também conta com composições próprias. Por trás das letras que parecem apelativas vocês podem achar umas sacadas muito interessantes. Esta na estrada a muito tempo e eu recomendo mutcho.

FALCÃO: Não precisa de apresentações

TIRIRICA:
Você pode até não gostar, mas teve a sua época.

INTELECTUAIS:

JÚPITER MAÇA – Ex- Cascavaletes que endoidou.

ZUMBI DO MATO
– Não gosto muito, mas tem umas letras boas.

ALTERNATIVOS:

Pedra Letícia – Não conhecia, gostei bastante de algumas coisas.

Libera o Badaró – Uma das melhores. Com certeza preencheria o espaço deixado pelos Mamonas. Tocam bem, fazem milhares de referencias. Recomendo.

SIMPLISMENTE TOSCOS:

Mc Biruleiby – Te da asas

Marli – Uma garota do Caralho

INTERNACIONAIS:

Weird Al Yankovic – Rei da paródia americana

Djinghis Khan – Nem é comédia, mas é hilário

Tay Zonday
– Chocolate Rain. Sinistro.

COLABOREM COM MAIS PÉROLAS!

powered by Google: Acidente Aéreo Naval de Moto de Carro em Casa

agosto 11, 2007 Posted by | Bem Humor, Música, Multi-Mídias, Vídeos | 7 Comentários